Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
23°
11°
22°C
Não-Me-Toque/RS
Tempo nublado
No ar: SOM BRASIL
Ao Vivo: SOM BRASIL
Notícias

CONSERVAR O SOLO: GARANTIA DE BOA PRODUTIVIDADE

CONSERVAR O SOLO: GARANTIA DE BOA PRODUTIVIDADE
07.06.2019 09h17  /  Postado por: Rádio Ceres

Qual o impacto da adequada conservação do solo na produtividade? Os resultados alcançados pelos vencedores do Desafio Cesb de Máxima Produtividade da Soja, nos últimos dez anos, comprovam que é difícil alcançar índices elevados se o solo não tiver as condições necessárias para fazer com que a semente expresse todo o seu potencial produtivo.

Em dez anos de desafio, a produtividade média dos primeiros colocados variou de 77,8 a 109,4 sacas por hectare, com taxa de crescimento anual de aproximadamente 4,9%. E o resultado máximo atingido nesse período foi de 149,08, na safra 2016/17. Segundo presidente do Cesb, Leonardo Sologuren, para continuar avançando é preciso, primordialmente, que o produtor invista no solo, aliando sempre os seus trabalhos com as inovações tecnológicas disponíveis na agricultura. “Onde tivemos altíssimos ganhos de produtividade no desafio, percebemos que o perfil do solo do produtor era incomparável”, pontua.

O coordenador técnico de Difusão da Cotrijal, Alexandre Nowicki, ressalta que conservar o solo é combinar métodos de manejo e de uso para protegê-lo contra as intempéries climáticas e garantir a fertilidade e a sustentabilidade do sistema de produção. Além disso, a adequada conservação protege o solo de danos que possam causar alterações das características físicas, químicas e biológicas, como a compactação causada pela atividade agropecuária, a desagregação e menor atividade biológica ocorrida pela ausência de palha no sistema, a acidificação, dentre outros fatores. “Solos bem conservados reciclam mais nutrientes e por consequência, são mais férteis”, destaca.

Para a manutenção do sistema de produção/sistema plantio direto, é necessário o aporte de 12 toneladas de palha por ano. Os cereais de inverno aportam em torno de 3 a 3,5 toneladas e a principal cultura de verão, a soja, com ciclo de produção e porte cada vez menores, rende mais 4 toneladas apenas.

Para garantir a correta conservação, a cultura mais importante no sistema de produção é o milho, que garante, sozinho, a produção de 12 toneladas de palha por hectare. Além disso, ele facilita o controle de plantas daninhas, sua palhada cria uma barreira física, diminuindo ou até evitando a infecção das plantas da soja em áreas com histórico da doença mofo-branco, e melhora a atividade biológica do solo.

Alternativas eficazes

Além do milho, as coberturas verdes ou plantas de cobertura têm se mostrado muito importantes para o sistema como um todo, para preencherem os intervalos entre colheita de uma cultura e estabelecimento de outra. “Elas têm mostrado a campo um excelente resultado”, afirma Nowicki, informando que, em 2018, alguns produtores da Cotrijal chegaram a registrar produtividade de 15 toneladas de palha por hectare.

Pousio nem pensar!

“Deixar áreas em pousio durante o inverno é um sério risco para a sustentabilidade do sistema de produção”, alerta o coordenador técnico de Difusão da Cotrijal. Conforme Nowicki, problemas como erosão são comuns nas áreas onde essa prática é adotada, especialmente em ano de chuva intensa, como o que se tem verificado neste outono.

“Investimentos em correção da fertilidade do solo são perdidos em caso de chuva torrencial quando o produtor não adota uma estratégia de cobertura eficiente da lavoura”, observa.

FIQUE LIGADO!

Para mais informações sobre esse assunto e o adequado planejamento para sua propriedade, o produtor deve buscar orientação junto ao Departamento Técnico da Cotrijal.

Para mais dicas do Programa Sentinela Cotrijal, acesse nosso Facebook e siga-nos no Instagram.

Assessoria de Imprensa da Cotrijal
Jornalista Mariliane Cassel
Fotos: Alexandre Nowicki/Detec

Conservar o solo: garantia de boa produtividade  Pousio gera vários problemas para o sistema de produção Plantas de cobertura garantem a proteção do solo e dos investimentos feitos em correção da fertilida

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.